O Mundo da Blogosfera Antigamente vs. Atual [Projeto United Blogs]



Olá a todos!
 
Em Portugal, hoje, celebra-se o Dia do Pai (19 de março) e, como não posso deixar a comemoração em vão… Desejo a todos um Feliz dia! E... Não se esqueçam Pais sois sempre, não apenas Hoje!
 
(Desculpem-me não poderia deixar não felicitar este dia… continuando…)
 
Este mês o [Projeto United Blogs] desafia-nos a escrever sobre alguns temas. Contudo e, porque sou blogger há vários anos, decidi escrever e dar algumas luzes sobre o Mundo da Blogosfera Antigamente Vs. Atual. Foi com o maior prazer que aderi a este desafio.  
 
Vamos conhecer algumas diferenças?
 
 
Antigamente os criadores de conteúdos – bloggers eram valorizados.
Atualmente somos – para alguns leitores - apenas mais uns indivíduos com a “mania” que escrevemos muito e nada dizemos! Cada vez mais, quem leva o Mundo da Blogosfera com mais pontualidade – seja a full ou a part time – Temos maior responsabilidade e, somos cada vez mais “banalizados”.
Para desanuviar um pouco o ambiente e frustração… Hoje em dia com algumas parcerias com editoras e livrarias que tenho, os meus pais vêm compulsivamente livros a chegarem-me no correio. Eu – como meio de explicação para tal acto – quando estou no computador a trabalhar no blog, tenho de dizer-lhes que tenho um site para gerir. Pois, se dissesse que tenho um blog – certamente – nunca saberiam o que a filha faz tanto tempo sentada a ler ou a escrever artigos. (Risos)

De forma muito simples e mais dinâmica decidi preparar-vos o artigo. Nem sempre tenho a disponibilidade que gostaria para fazer algo mais criativo e/ou dinâmico, mas acredito que o tempo dá-nos respostas… E neste mundo, talvez, a minha esteja por chegar.

Espero que tenham gostado do artigo! Caso seja do vosso interesse aderir ao grupo, podem (e devem :p ) clicar no banner abaixo :)
 
Projeto United Blogs
 
Podem visitar (alguns) os artigos das colegas do Projeto.
 
Poderão aproveitar a secção dos comentários para colocarem a vossa experiência enquanto bloggers, escritores e, se partilham um pouco do meu ponto de vida.
 
Encontramo-nos por aqui? Um beijinho :* 
Próximo artigo:  22 de março, sexta-feira

Nos comentários poderá deixar a sua análise, sugestão ou crítica :)

Comentários

  1. Super concordo, antigamente para que tudo era mais verdadeiro, passava uma sensação de "estou fazendo porque amo e não para ter visualizações". Consequentemente, os números eram maiores. Amei teu post 💛

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida :)
      Exatamente. É como digo era mais simples e genuíno, ao contrário do que vem mostrar-nos ao longo dos últimos tempos…
      Um beijinho grande :*

      Eliminar
  2. Estou completamente de acordo contigo

    Beijinhos,
    omundodapequeninaaa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Olá tudo bem? que post incrível e explicativo, eu adorei as comparações, não peguei todas essas fases mais algumas delas me identifico super!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Michelle,
      Sim, para as bloggers mais recentes não apanharam - de todo - todas as fases que referi.
      No entanto, o importante é evoluir!
      Um beijinho grande :*

      Eliminar
  4. Olá...

    Eu tenho blogue desde 2002, já tive várias e passei por algumas plataformas. Nunca me preocupei com outra coisa que não a mim, confesso. Gosto de dar ao meu blogue o meu jeito-estilo e escrevo como quem dialoga, gosto disso. Sempre fui adepta de correspondências e diários e o blogue é isso para mim. Sempre tive como base, organizar minhas publicações, algo que aprendi nas ilhas da revista em que trabalhei.

    Acho que o atual momento dos blogues esta ruim porque são muitos e os conteúdos são bem parecidos. Eu sigo e leio aqueles com os quais me identifico. Mas gosto de um visual clean e de uma escrita dinâmica, sem erros e sem vulgarismos de escrita.

    Gostei de vosso post, me fez pensar no ontem e hoje.
    bacio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lunna,
      Exato. Também não gosto de perder o meu jeito e essência em cada artigo. Aliás, até faço questão. E goste quem gostar porque afinal não temos de agradar mas sentir-nos realizadas 😉
      Beijinho 😘

      Eliminar
  5. Concordo plenamente, o meu blogue atual é recente no entanto há alguns anos eu tive um blogue (era bem novinha) e o que eu conhecia da blogosfera não tem nada a ver com o que é agora... nada mesmo.

    https://little-cherry-wine.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana,
      Mesmo... O mundo da Internet, digital, tecnológico mudaram imenso e a blogsfera não poderia sair ilesa 😣
      Beijinhos 😘

      Eliminar
  6. Concordo em tudo contigo! Já tenho o meu atual blog desde 2013 e muita coisa mudou... Agora quase que temos de "implorar" que leiam o nosso blog. Fico triste com estas grandes mudanças pois acho que antigamente era tudo mais fácil e mais feliz...

    https://aritateixeira.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita,
      Exatamente. Antes tinhamos mais sucesso e éramos mais felizes.
      Beijinho 😘

      Eliminar
  7. Oi! Eu entendo que hoje os blogs de tornaram a principal fonte de renda e ferramenta de trabalho de muitas pessoas, mas vejo muitos blogueiros que acabam visando apenas os lucros, perdendo a qualidade dos posts... Mas não estou generalizando! Não sou contra mudanças, afinal, tudo muda com o tempo, mas acho que os blogs de alguns anos atrás eram mais verdadeiros. As pessoas postavam sobre o que realmente gostavam, sem esperar nada em troca. Tento ao máximo ainda manter essa essência em meu blog.
    E mais uma vez deixo claro que não generalizei nada haha Só comentei sobre o que eu já vi por aí, tanto que existem ótimos blogueiros que conseguem ganhar dinheiro trazendo um conteúdo de qualidade e fazendo isso com amor.
    Ótimo post, um beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laís,
      Exatamente!
      Como você faço sempre para que a essência do meu estilo e jeito de ser esteja sempre presente. Sei que, por vezes, não é um ponto positivo. Pois, todo o mundo pode não entender o que pretendo realmente dizer…
      Mas tento ser sempre eu :)
      Um beijinho :*

      Eliminar
  8. Eu vejo que antigamente, a gente acompanhava mais pela pessoa e pela escrita. E tantos era muito bagunçados, nunca se sabia sobre o que o Blogger iria escrever. Hoje em dia, vamos mais topicamente nos blogs. Por exemplo, sei que o blog X fala de cabelos, então sempre que eu quiser saber mais sobre as novidades de cabelo, irei nele. Alguns outros falam de vários temas (como o meu) mas menos temas aleatórios. Confesso que sinto falta do tipo antigo, pois as pessoas liam posts longos por prazer, comentavam linhas e linhas, mostravam interesse ... Infelizmente hoje, como vc citou, temos que resumir e podar pra nos tornarmos mais interessantes :/
    www.rumorandhorror.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lina,
      Sim ainda sou desse tempo e infelizmente tudo mudou. Agora ou acompanhamos as atualizações do tempo ou deixamos-nos a ficar para trás...
      Beijinho 😘

      Eliminar
  9. Eu amei esse post, usava o blog em 2012, tive vários kk e sinceramente era bem mais divertido, hoje em dia temos tantas preocupações ao criar uma postagem que chega ser exaustivo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Andreia,
      Concordo plenamente.
      Temos de ser bem organizados e dentro do nosso género de blog tentar ser diferentes e diversificados para que o leitor nos siga.
      Um beijinho 😘

      Eliminar
  10. Oi Ana.

    Amei sua postagem, pois ela explicou perfeitamente as diferenças no mundo dos blogueiros. Infelizmente gerar conteúdos de qualidade está cada vez mais complicado, pois eu gosto de escrever bastante e na maioria das vezes preciso diminuir o post porque os leitores reclamam que ficou longo demais ou simplesmente desejam um vídeo onde eles possam apenas assistir e nem precisam ler. Por isso estou sempre tentando mudar. Parabéns pelo post.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida,
      Pois os leitores querem cada vez menos texto para não terem de ler... Mas a verdade é que quando gostem continuam a seguir... E se é o nosso espaço nós é que decidimos esse detalhe. . E importante sermos sempre nós.
      Beijinho 😘

      Eliminar
  11. Adorei seu post. De fato é necessário entender o público-alvo, aliás, se falamos apenas sobre livros, precisamos focar apenas neles. Se eu colocar uma dica de receita, por exemplo, não vou atrair o público certo, sabe? É uma das estratégias essenciais. Sobre atrair a atenção dos leitores para o blog... realmente é uma coisa mais complicada mesmo. Com tantas redes sociais e crescimento de diversos nichos, expandiu demais e o blog acabou ficando em outro plano, mas é uma das ferramentas maravilhosas e as que mais auxiliam em uma busca no google. Então, perseverança sempre haha

    Aproveitei para seguir seu blog ;)
    Beijos,
    www.psamoleitura.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida 😉
      Como concordo com tudo o que disse 😊
      Obrigada pelo carinho e seguirei o seu 😉😘

      Eliminar
  12. Curti muito o seu post, me identifiquei com algumas dessas fases e foi bom saber mais sobre isso.
    Precisamos entender o que queremos escrever, qual grupo queremos atingir e produzir tudo de acordo com isso...
    Parabéns pelo seu post!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mara,
      Sim quem está no Mundo da Blogsfera há alguns anos, sabe um bocadinho por trás…
      Um beijinho :*

      Eliminar
  13. Infelizmente por aqui acontece a mesma coisa, cada vez mais o blogueiro literario é mais cobrado e menos valorizado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)
      Podes querer… Somos mais banalizados que não sei o quê…
      Beijinho

      Eliminar
  14. Oi Ana,
    Que experiência incrível me comunicar com uma blogueira de outro país, mas que triste perceber que mesmo aí nossos préstimos não são valorizados. Quando criei o Paraíso não tinha grandes intenções, e agora depois de anos vejo que o certo é não esperar mesmo, gastamos um baita tempo e dedicação para fazer um post legal e valorizar livros bons, mas as pessoas não vem o nosso trabalho, e as editoras aqui no Brasil estão muito mais preocupadas com com números do que realmente com o que escrevemos.

    Lindo post, beijokas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Kelly,
      Sim é verdade. Embora sejamos de países diferentes, a realidade acontece em todo o mundo, infelizmente.
      Beijinhos

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Orgulho que não podemos vender... Orgulho pelo qual podemos doar! #espacodana

Nicholas Sparks fala dos bastidores do seu novo trabalho > Descubra mais

#BookLoversDay | A Coleção #NicholasSparks